Últimas

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Fim do caso Bianca - Cunhado é preso pelo assassinato dela


O motoboy Sandro Dota, 40 anos, foi preso ontem, segunda-feira, sob a suspeita de ter matado a cunhada, a universitária Bianca Ribeiro Consoli, 19, em setembro.

O DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), da Polícia Civil de São Paulo, conseguiu que a Justiça decretasse a prisão preventiva de Dota após a realização de um exame com pedaços de pele colhidos sob as unhas de Bianca e que deram resultado positivo para o DNA do motoboy.

Dota não tinha aceitado fornecer à polícia seu material biológico para fazer a comparação. A polícia, no entanto, conseguiu fazer o confronto a partir do material biológico retirado das roupas que o acusado usava no dia do crime.

O suspeito encontra-se isolado na sede do DHPP, no bairro da Luz, na Capital. Ele já tem passagem pela polícia por furto. Mesmo após ser detido, o motoboy afirmou que é inocente.

O caso - Bianca foi encontrada morta na casa onde morava, em São Mateus, no dia 13 de setembro. Ela tinha um saco plástico na cabeça e sinais de enforcamento.

De acordo com a SSP (Secretaria da Segurança Pública), os pais da jovem estavam trabalhando quando o crime aconteceu. A tia, que mora em uma residência vizinha, estranhou o fato de a janela vizinha estar aberta e o televisor e as luzes, ligadas.

A mãe de Bianca chegou em casa por volta das 20h e, por estar sem a chave do portão, pediu para um sobrinho pular o muro para destrancá-lo. Quando a tia e a mãe entraram, encontraram a jovem caída na sala. Alguns móveis estavam revirados, mas nada foi roubado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Editado por - Grupo Bizolhudo