Últimas

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Tenente Pires da CAERC puxa arma para matar soldado em Ilhéus


Uma manifestação pacifica quase termina em tragédia em Ilhéus. No exato momento em que a manifestação passava na frente da saída da CAERC, quatro viatura da especializada estavam saindo para fazer policiamento.  Vários motoclistas fecharam, sendo que duas conseguiram furar o bloqueio. Revoltado com a situação o tenente da CIPE Cacaueira (CAERC), puxou a pistola e apontou para cabeça de um soldado que tentava convence-lo a desocupar a viatura. A revolta é que segundo os PMs,  havia um acordo com o major Rivas  comandante da CAERC, que se ele fosse obrigado a ter que enviar as viaturas para as ruas e os policiais paralisados encontram-se, poderiam recolhe-las para o local do aquartelamento.

Nesse momento encontram-se no no batalhão escola de Ilhéus (local do aquartelamento), negociando com os PMs para liberação da viatura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Editado por - Grupo Bizolhudo